sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

QAT - Questionário de Ansiedade Face aos Testes

O QAT tem como objectivo principal medir os níveis de ansiedade face aos testes numa perspectiva bidimensional: na dimensão COGNITIVA os "pensamentos em competição" e na dimensão AFECTIVA a "tensão".
Para uma melhor compreensão do fenómeno e do instrumento, recomendo a leitura do artigo de Pedro Sales Luís Rosário & Serafim M. Soares - "Questionário de ansiedade face aos testes (QAT)" - que serviu de fonte para a aplicação e questionário:


Para uma utilização correcta do programa  tenha em consideração o seguinte:

- é um programa experimental e não é comercializável;

- expira em: 28/02/2016;

- é compatível com o Office (Excel 2003-2007) a 32 bits;

- exige uma ligação de Internet;

- tratando-se de um programa executável, o seu antivírus poderá accionar um alerta - não tenha receio - a aplicação não está infectada.

Votos de um Feliz Natal.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

SNAP-IV: hiperactividade & défice da atenção - Critério A (DSM-IV)

A aplicação SNAP-IV baseada no instrumento, com o mesmo nome, proposto por Swanson, Nolan e Pelham, destina-se ao levantamento de informação de alguns sintomas primários do TDAH conforme Critério A, proposto pelo DSM-IV.
O programa, SNAP-IV, permite projectar, imprimindo, visualizando no seu terminal, ou guardando em PDF as respostas ao questionário e a informação pertinente quanto aos sintomas avaliados e, também, a referência aos restantes Critérios identificados no DSM-IV.

RECORDO: a utilização correcta do programa – na vertente ética e técnica -  pressupõe o seguinte:

- é um programa de demonstração;

- o programa não é comercializável;

- expira em: 31/12/2015;

- é compatível com o Office (Excel 2003-2007) a 32 bits (incompatibilidade com Office para os 64 bits);

- exige uma ligação de Internet.


Tratando-se de um programa executável, o seu antivírus poderá accionar um alerta - não tenha receio - a aplicação não está infectada.


Votos de bom trabalho

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

COPS – Career Occupational Preference System Interest Inventory

No âmbito da exploração dos interesses profissionais, será que o “velhinho” COPS ainda tem pernas para andar?!...

Espero que a aplicação hoje proposta, desenhada Excel com o VBA, possa contribuir, na vertente mais prática, para uma resposta à questão. Fico a aguardar os vossos comentários e sugestões.

O programa, COPS_30_11_2015, permite projectar, imprimindo ou visualizando no seu terminal, os seguintes outputs:
- COPS_Grafico;
- COPS_Areas_Profissionais;
- COPS_Profissoes.

RECORDO: a utilização correcta do programa – na vertente ética e técnica -  pressupõe o seguinte:

- o programa não é comercializável;

- é um programa de demonstração;

- expira em: 30/11/2015;

- é compatível com o Office (Excel 2003-2007) a 32 bits (incompatibilidade com Office para os 64 bits);

- exige uma ligação de Internet.

Tratando-se de um programa executável, o seu antivírus poderá accionar um alerta - não tenha receio - a aplicação não está infectada.



Bom trabalho.

quinta-feira, 1 de outubro de 2015

Quebra-cabeças

Não regressei em Setembro conforme prometido. Assumo a falha: mea culpa!
Dito isto, passo a apresentar o PUZZLE  - ou quebra-cabeças - que desenhei em "VBA for applications". Trata-se de um jogo que tem por objectivo ordenar, utilizando a casa em branco como escapatória, de 1 a 15 as imagens apresentadas. O meu record está nas 175 jogadas!..
Vamos lá derrubá-lo...


Bom jogo (sem esquecer o trabalho!..)

P.S. A aplicação corre em excel_2007 ou inferior.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

PHCSCS-2 - Auto-conceito

A progressiva utilização das TIC (tecnologias da informação e comunicação) no mundo do trabalho tem sido, na última década,  notória e incontornável. A integração galopante destes recursos, nos diversos ramos de actividade, tem proporcionado ganhos significativos em aspectos ou variáveis determinantes – e em certos casos estratégicos - para os mercados: na redução de custos (de produção, de venda, de marketing…), na invenção/re-invenção de novos produtos, nos ganhos de escala, na qualidade dos produtos, na eficiência comunicacional (global), na formação à distância, na redução de incertezas e erros, etc.

Particularmente, no âmbito da utilização das TIC, os psicólogos “continuam a salivar” na expectativa que lhe sejam fornecidos instrumentos de trabalho –  de recolha e tratamento de informação (avaliação psicológica) -  aplicáveis no contexto da sua prática psicológica.
Nesta senda, tendo por base o artigo PHCSCS-2 (no qual encontramos toda a informação necessária para a construção/utilização da escala), um computador, uma folha de cálculo (Excel), conhecimentos da linguagem VBA (Visual Basic for Applications), criou-se uma versão informatizada da prova.
Obviamente, esta aplicação – experimental -  não é comercializável.   Corre no Office 2007 (ou inferior a 32 bits), a sua execução requer uma ligação de Internet e está limitada por data (finda em 30-11-2015).
Tratando-se de um “programa executável”, ao fazer o respectivo download, o seu antivírus poderá emitir um alerta. Não tenha receio, pode aceitar a transferência, o programa não é virulento:

PHCSCS2_30_11_2015 (programa experimental: não comercializável)

A utilização das tecnologias, não nos transformando em melhores ou piores profissionais, deverá alavancar a qualidade do nosso trabalho. Espero!

 Este cantinho da net vai a banhos... fica a promessa de regressar em Setembro.
Votos de boas férias.


quinta-feira, 16 de julho de 2015

POMS – Perfil de Estados de Humor (Aplicação Informática)


A apresentação original do POMS - Profile of Mood States - foi publicada por McNair e colaboradores (1971) sendo composta por 65 adjectivos que resultaram de estudos com análise factorial tendo como ponto de partida um total de 100 dimensões comportamentais.

Esta versão do POMS de 42 itens resultou de um trabalho de Análise Factorial e análise dos itens da aplicação da versão completa de 49 itens, tendo sido excluídos 7 itens da versão experimental utilizada inicialmente por não cumprirem os requisitos psicométricos exigidos (ler/baixar artigo completo).

Para uma utilização correcta do programa, POMS_30_10_2015, na vertente ética e técnica, recordo as seguintes recomendações:
- o programa não é comercializável;
- é um programa de demonstração;
- expira em: 30/10/2015;
- exige uma ligação de Internet;
- é compatível com o Office (Excel 2003/2007) a 32 bits;
- tratando-se de um programa executável o seu antivírus poderá accionar um alerta, ao fazer o download, não tenha receio a aplicação não está infectada.

Sobre esta temática poderá também passar por:

http://www.brianmac.co.uk/poms.htm

Votos de bom trabalho.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Figura Complexa de Rey – Programa de Cotação

O teste da Figura Complexa de Rey - forma A - permite avaliar a actividade perceptiva, a memória visual, a organização e o desempenho visuo-motor, no processo de cópia e de reprodução – memória - do estímulo proposto.





A cotação do teste, não sendo uma tarefa complicada, bastando para o efeito seguir as normas do manual, é uma tarefa “enfadonha” e susceptível de erro - perdendo-se, por vezes, o “fio da meada” - na atribuição da pontuação às unidades a cotar.
Na tentativa de ultrapassar este “incómodo” e, provavelmente, aumentar o rigor da cotação e padronização, apresento a seguinte aplicação informática:


RECORDO: a utilização correcta do programa – na vertente ética e técnica -  pressupõe o seguinte:

- o programa não é comercializável;

- é um programa de demonstração;

- expira em: 30/11/2015;

- é compatível com o Office (Excel 2003-2007) a 32 bits (incompatibilidade de chamadas API no VBA para os 64 bits);

- exige uma ligação de Internet.

 

Tratando-se de um programa executável, o seu antivírus poderá accionar um alerta - não tenha receio - a aplicação não está infectada.




Bom trabalho.